6.4.12

VIRTUAL / REAL x Jorge Pinheiro / Eduardo P.L.



Esta brincadeira ( muito séria ) se propõe tratar das relações de amizade VIRTUAIS vis a vi com a relação de amigos REAIS. E o que acontece quando se tem algum contato virtual, e se passa a conhecer a pessoa na vida real.
A tarefa não é fácil quando tratamos do relacionamento que já passa dos cinco anos entre, primeiro o Expresso da Linha, depois,  com seu autor, e portanto virtualmente.
 Jorge Pinheiro e Fernanda em nosso primeiro jantar em Lisboa. Foto E.P.L.

Vamos falar um pouco desse tempo. Nos idos de 2007 a blogosfera era muito diferente da atual, se é que ela ainda existe nos dias correntes! Blog era pouco conhecido, e seus usuários autores e leitores muito tímidos e arredios! Uma ferramenta de comunicação social poderosa, mas ainda explorada por poucos. Muitos tinham medo de se expor, usavam pseudônimo e raramente mostravam claramente seus rostos no perfil.
 Jorge Pinheiro em reunião com blogueiros em São Paulo, e com a escultura que nos presenteou, by E.P.L.
 Almoço na Piacaba, SC, no estúdio de esculturas com Paulinha, e em São Paulo no Atelier da Jugioli, by E.P.L.

 Cada um buscou fazer seu blog ao seu estilo, modelo, e intenção. O blogger ajudava nisso. Seus autores eram neófitos em internet, naquele tempo. E ao criar os blogs travavam uma verdadeira batalha para dar a eles conteúdo, e buscar leitores. Era apaixonante. Virou um verdadeiro vício. Foi nesse contexto que possuindo meu primeiro blog ( de uma longa série )  Varal de Ideias, comecei a visitar todos blogs que encontrava na web. Lia e comentava nos que me atraiam, pelo visual, assunto, ou meramente o título! Ler os posts era importante, mas o que mais me atraia eram os comentários, e principalmente quem comentava. Aí estava a fonte de bons autores e bons blogues. Foi por aí que comecei. Aprendendo a blogar, visitando centenas de blogs por dia. Elegendo meus favoritos, comentando, participando. Em alguns fui rechaçado por me tomarem preconceituosamente por" um velho interiorano de Imbituba, SC ", como foi o caso de uma arquitetazinha "metida" de São Paulo. Mas são águas passadas.
 Jorge blogando na Piacaba, de chapéu em São Paulo e na Piacaba trabalhando, by E.P.L.
 Foi num desses blogs que me deparei com alguém que assinava Expresso da Linha. Escrevia curto, bem e profundo. Fui conferir seu blog. Imagens instigantes, e um historiador, intelectual competente! Comentei. Ele provavelmente fazia a mesma coisa, ia conhecer os blogs dos comentadores, e apareceu no jovem e imaturo Varal de Ideias. Ele e centenas de outros blogueiros que costumo chamar de "núcleo central do Varal". Nos tornamos uma turma, unida e muito grande, para as parcas expectativas da época. Eram relações virtuais. Não passavam disso. Algumas dessas pessoas eram mais abertas, mas a grande maioria muito fechada! Não havia discriminação ( como fui vítima no caso da arquiteta ), e todos que chegavam ao Varal eram igualmente bem vindos. Muitos voltaram diariamente, e alguns permanecem nos visitando até hoje. Seis anos de relacionamento virtual. Não se consegue "esconder" uma identidade durante tanto tempo, com um contato tão estreito, ainda que virtual. E foi aí que senti necessidade de romper essa "distância" e aproveitando uma viagem de recreio, a Portugal, anunciei pelo blog minha ida! Quem quisesse me conhecer pessoalmente, eu teria prazer no encontro.Uns poucos amigos virtuais atenderam ao convite. Eram tão arredios que não consegui programar  um encontro com todos juntos. Queriam "audiências" em separado. Acabei me atrasando numa visita a um Museu, e numa rápida, mas inesquecível passagem pelo " Pastel de Belém", que quando chegamos ao hotel estavam todos juntos, a nossa espera. Entre eles, timidamente um casal, Fernanda e Jorge, com um livro autografado e uma caixa de papelão com uma escultura sua.

Jorge na praia de Ibiraquera, SC- 2010 - by E.P.L.

 O encontro em si foi tenso, formal, e rendeu poucas conversas paralelas, algumas fotos, e um convite do Jorge para jantarmos logo mais a noite! Convite aceito, saímos a pé para um restaurante nas proximidades, e na ida, e na volta, aulas de história e cultura portuguesa e lisboeta. Mas foi durante o descontraido jantar que se selou uma admiração e ínicio de verdadeira amizade, com um Jorge completamente abstêmio, que me propôs a primeira brincadeira ( de muitas que se seguiram ao longo dos anos) que consistiria em fazer uma imagem que RETRATASSE aquele nosso jantar. ( é a foto acima com a Fernanda ) Voltando ao Brasil, em dia e hora a se combinar, postaríamos as fotos resultantes! Ganharia a melhor. Criar, competir, sintetizar, brincar. Esse o resumo de nossas tentativas! Daí para frente nunca mais paramos de inventar coisas juntos! Até hoje temos parcerias em blogs e muitas histórias em comum. Por que aconteceu? Essa é a nossa tarefa, agora, a desvendar! O Jorge escreve bem. Eu não. O Jorge tem um poder incrível de sintese e de usar, apropriadamente, com grande humor, construções inusitadas. Eu sou absolutamente prolixo. O Jorge é músico, eu não. Mas temos gostos em comum. Enganam-se quem pensa que estamos permanentemente em contato. Falamos duas vezes pelo Skype ou telefone nesses cinco anos. E-mails não muito mais do que isso a cada ano. E como nos entendemos tão bem? Aí esta o mistério. Nunca discordamos a ponto de criar impasse. Sempre um de nós se rende aos argumentos do outro. Nunca houve uma desavença. Nunca planejamos essa amizade. Aconteceu. Que mistério, ou química precisa haver para que isso aconteça ? Espero que no depoimento do Jorge, lá no Expresso da Linha, postado neste mesmo dia e hora, possa ser aclarado. Vamos aguardar.

62 comentários:

expressodalinha disse...

Excelente descrição daqueles tempos. Gostei do casal timidamente à espera... Já volto para mais comentários.

Eduardo P.L disse...

Jorge,

curiosamente há uma identidade na linha condutora dos dois textos!
Gostei de saber que achas que gosto mais de ouvir do que falar. Na minha família ( de mudos ) dizem que "falo mais do que a boca"!
A Paulinha não vai gostar de saber que "esta ao meu lado". O desejo dela é estar SEMPRE na minha frente!srsrsr

expressodalinha disse...

Mais uma vez curioso a abordagem, muito em sintonia, como as coisas se passaram e como se evoluíu na blogoesfera. Qt à razão da nossa ligação não julgo ser capaz de explicar. Ainda bem. Estas coisas não se explicam. Acontecem. E a prova de que o real existe para além do virtual, somos nós próprios. Talvez se descubra no próximo encontro...

expressodalinha disse...

Pois, mas qt à Paulinha ela sabe que eu sou um "diplomata" :))

Paula Canto disse...

Muito, muito gostoso tudo isso.. e pra mim, que não sou blogueira, porem, sempre ao lado, em cima, em baixo.. (cada forma na hora certa)e participando desses momentos falado, relembro com muito prazer. Amo os dois!
Parabéns!!!

Eduardo P.L disse...

Paulinha, não precisa exagerar...srsrsr
(;-))

expressodalinha disse...

Essa do "em cima ou em baixo" já me transcende :)) Obrigado, sentimento recíproco.

expressodalinha disse...

Deixe exagerar. É virtual :))

Lizete Vicari disse...

Este mundo virtual é muito real meus queridos!!!!

Fatyly disse...

Eu não consigo seguir tantos blogues ao mesmo tempo, mas quando um fica parado no tempo é substituído por outro que só comento após ter lido na integra.
Já andei em tempos por este e houve coisas que fui anotando para depois ir buscar para uma rubrica que tenho "Vasculhando sótãos", mas sinceramente é a primeira vez que comento esta magnífica troca de "galhardetes" entre pessoas como vós.

Já li o teu "Virtual/Real" e dizes tu que
- "O Jorge escreve bem. Eu não." Não? então o que dizer desta maravilha?
- "O Jorge tem um poder incrível de sintese e de usar, apropriadamente, com grande humor, construções inusitadas. Eu sou absolutamente prolixo." - Nisso concordo e também gostaria de ser menos prolixa:) mas não deixaste a tua obra por mãos alheias e com mais ou menos palavras...ficou genial.
- "O Jorge é músico, eu não. Mas temos gostos em comum. Enganam-se quem pensa que estamos permanentemente em contato." no que li já me te apercebido que era músico e amigos verdadeiros precisam ser "lapas"? Claro que não, porque também tenho os meus alguns criados aqui e que falamos de longe a longe, outros de há mais de 30 anos ainda de Angola (minha terra) e aparecem sempre nem que seja para um simples "alô".

Adorei tudo e bateu uma saudade gostoso da praia de "Ibiraquera" que visitei quando vivi no Brasil.

Parabéns e adorei tudo o que li e vou "zanzar" o Jorge porque ele escreveu Picaba e comeu o "a":)

Inté!

Mena G disse...

Parabéns aos dois! Uma ideia brilhante e brilhantes ambos os posts!Claro que comento igual ao jorge... :)

Paula Canto disse...

Olha aí... a Fatyly, é outra que pode entrar na "dança", porque escreve muito bem tambem!

byTONHO disse...



"VirtuREALidades!"

:o)

Selena Sartorelo disse...

Afff!! Desculpe a empolgação Eduardo, mas essa brincadeira está uma delícia de ler, tanto lá quanto aqui não dá prá dizer onde mais eu me diverti..vi, senti sentidos reais que a vida tem. Obrigada aos dois..muito bom de ler.

Eduardo P.L disse...

Fatyly,

obrigado pelo seu comentário. Gostaria muito que estivesse mais vezes por aqui. A Paulinha deu uma boa ideia, tens que Desafiar um amigo VITUAL / REAL para esta brincadeira! Vamos voltar a animar esta zumbisfera atual...srsr

Eduardo P.L disse...

Tonho,

muitos dos que se "esconderam" em Portugal, não aceitando meu convite, depois se arrependeram. Você também não aceitou me conhecer na REAL, quando estive em Porto Alegre. Mas acho que não vai faltar outra oportunidade! Ou vai fugir da "REALIDADE"????

Eduardo P.L disse...

Seleninha,

se você não conhece na REAL alguém que era amigo VIRTUAL, vamos combinar um jantarzinho em nosso apartamento de São Paulo só para podermos nos DESAFIAR e participarmos de um segundo VIRTUAL /REAL. Eu também estou gostando desta nova brincadeira! A Paulinha tem blog sim, embora não use, e adorou te conhecer virtualmente! Pense nisso!

Eduardo P.L disse...

Mena G,

obrigado por ter vindo comentar! Agora é vossa vez de nos contar uma experiência VIRTUAL /REAL, que certamente tem...

byTONHO disse...



Como não aceitei?

Da 1º vez, tinha um compromisso,
não pude te encontrar no MUSEU...
na 2ª, quando passaste para ir a Argentina, fiquei sabendo da 'estadia' bem depois, pelo Varal...

"Sou quase vizinho da WANIA" e não a encontrei ainda!
Timidez, apenas...

Quem sabe um dia, quando eu "estiver" mais "sociável" a gente não se encontra nesta REALidade!

No momento sou só VIRTUALmente REAL! Será?!

Abraços e antes que esqueça está ótimo este papo...

Até!

:o)

Selena Sartorelo disse...

Convite feito. Convite aceito. vamos combinar e marcar...Eu e a Paulinha até já trocamos algumas figurinhas rsrs. Será um prazer e uma honra...mais do que isso só realmente vivendo.

Beijos em todos,

Eduardo P.L disse...

Tonho,

não perca tempo, a Wania é uma das minhas descobertas VIRTUAIS / REAIS mais encantadoras! Ela ENCATAVENTOS! Linda poetiza! Não deixe de conhece-la! Doutora das letras e da medicina! Imperdivel.

E como bem disse o Jorge tenho muita dificuldade em perdoar, pedir desculpas, etc...e quando sou "recusado" ou me "recusam um convite", dificilmente faço um segundo.Eu sou horroroso !!!!Mas não deixo de ver o Mauro Castro (Taxitrama) quando passo por Porto. Sou um amigo fiel.

Fatyly disse...

Paula Canto
Eu hem? nada disso e acredita que de tanto ler e comentar a "dança" dos outros por vezes esqueço da minha cubata.

Os meus amigos virtuais que passaram a reais, hummm não gostam de escrever, uma vai pela poesia e outro parou o seu blogue e falamos mais por sms e ambos são umas doçuras de pessoas.

Mas um dia farei algo um pouco diferente: descrever a construção que faço sempre do dono(a) dos blogues que sigo e das amizades que também construí(mos) mesmo sem nunca nos termos visto. Por vezes ponho uma foto minha, mas depois retiro e como não tenho máquina tenho que esperar que alguém da minha turma familiar tire:)

Um abraço Paula e sejam muitos felizes, porque nada mais bonito ver pessoas que se amam andarem "por cima, à frente, de lado e:)" no mesmo espaço deste mundo de cabos.

Eduardo
Obrigado eu porque tudo isto serve para desanuviar das péssimas noticias da CRISE + CRISE...e deixa que tenha um pouco mais de tempo, porque isto de ser avó é pior que comer jabuticaba verde e o genro melhorar das "bistecas" partidas que voltarei em grande :):)

Um inté sorridente:)

expressodalinha disse...

Ehehehehe.... isto ainda acaba tudo numa jantarada! Eu posso levar as tais caixas de vinho...

expressodalinha disse...

Fatyly: não sabia que tinhas estado no Brasil?!

expressodalinha disse...

Eduardo: ninguém fala da caricatura... porque será?

byTONHO disse...



Sei da WANIA.
Até a presenteei com um desenho,
trocamos e-mails, grande poeta!
Sou discreto e tímido e inseguro na REALidade.

...

Quanto ao encontro, se depender de mim nunca haverá,
se não entendes as minhas palavras...
Não recusei, não pude naquele momento.
Agora está mais difícil..
Um dia te conto os detalhes por e-mail, se é que queres ainda me ouvir.
Repito: sou tímido, discreto, inseguro e outros adjetivos, na realidade pessoal.
...

Desculpa-me, enfim, não quero estragar (com lamúrias e picuinhas), este papo/encontro VIRTUAL que se
desenrola magnificamente.

Até!

:o)

expressodalinha disse...

Eu estava bem magrinho. Agora estou muito mais "potente".

laerth motta disse...

MARAVILHA... TEXTO,ESTORIA E CONTEÚDO, É POR ESSAS QUE SOU FÃ DO VARAL DE IDEIAS

Selena Sartorelo disse...

Então é só combinar...Uma jantarada ou um jantarzinho tanto faz...quero saber onde vai ser, e o que preciso e levar?...Se vamos fazer ou se vamos comprar?..tem muita coisa prá preparar. Jorge traga os vinhos e a Fernanda e depois só Deus sabe rsrs!!Sabe aquele avião? Então venham nele.

peri s.c. disse...

Meninos, estava curioso para ver o que seria este encontro, foi muito menos conciso do que imaginava. Parabéns pela dedicação com que se atiraram à confecção destes posts e a consistência do que apresentararm . Abraços a dupla.

daga disse...

Eduardo, gostei imenso do texto, da maneira como se dão bem apesar da distância real :)) o que interessa é a proximidade mesmo que seja virtual, a amizade que realmente existe entre vós as ideias que têm para nos animar ;)
beijo

Eduardo P.L disse...

Jorge,

as pessoas ainda tem pudor com relação a caricaturas! Tanto que nem o Vítima da Quinta resistiu!!!!

Eduardo P.L disse...

Laerth,

taí, um grande e discreto amigo VIRTUAL / REAL. Podemos pensar num DESAFIO...
Forte abraço

Eduardo P.L disse...

Peri,

você que foi membro importante e ativo do núcleo central do Varal, nos seus primórdios, e anda completamente sumido, poderia participar destes DESAFIOS com muita gente! Pense nisso!

Eduardo P.L disse...

Daga,

quem nos move e anima são vocês leitores simpáticos, assíduos, e gentis! Muito obrigado pela visita e comentário. Isso sim nos anima!

expressodalinha disse...

Mas, Eduardo, acabamos por falar muito via blog. A partir do momento em que se tem as "coordenadas" da vida do outro, os posts ganham outro significado. Não acha?

Eduardo P.L disse...

Jorge, acho, mas quando não se tem MUITA afinidade, se tem que estar a todo momento explicando, afirindo, confirindo, ferindo. No nosso caso poucas palavras são o bastante para antevermos toda uma história! Um simples comentário se materializa, em poucas horas, em um novo passa-tempo, como de resto foram todos os anteriores! Nos entendemos com pouco! Isso não é muito comum.

expressodalinha disse...

É bem verdade. Nada comum. Ainda bem... Devemos ter um "descomplicómetro" na cabeça.

peri s.c. disse...

Edu

Sumido nada. Visito o Varal e o Expresso diariamente ( logo cedinho você pode ver lá no sitemeter que alguém chegou aqui via Armazém ) . Sem falta . Comento eventualmente, já foi o tempo de só marcar presença para marcar presença e o tempo anda escasso, mas mesmo não tendo sido escoteiro estou sempre alerta .
abraço

Fatima Cristina disse...

Eduardo,
Parabéns pelo post. Sensacional, tanto aqui quanto lá no Expresso do Jorge.
A ideia do "Virtual-Real" se coroou com esta abertura de vocês dois!
Amei!

Vamos ver quem vai ser o próximo a desafiar...

Estarei no Rio em Setembro e depois em Dezembro, a trabalho, mas com vontade de encontrar amigos virtuais! ;-)

Beijos

Fatima Cristina disse...

Sua visão dp Jorge é única. Vocês se entendem por telepatia cibernética. Que máximo!

Selena Sartorelo disse...

Tá!! Mais uma vez vou me intrometer...mas a Fátima vindo prá cá eu faço questão de ver rsrs Só de pensar meu humor já melhora Aff!! que poderia ser também o João, a Luísa e tantos então rsrs!!Passe por São Paulo..ao menos prá um café como aqui é costume dizer não é?! Ou quem sabe se estiver no Rio...lá eu consigo ir! Eduardo imagina só essa moça por aqui..Vixi..não vai prestar. A melhor força de expressão!! Então?

Anônimo disse...

ADOREI ESSE "DESAFIO" VIRTUAL !AMBOS SÃO GRANDES NO QUE ESCREVEM,DESCREVEM, DESENHAM E FOTOGRAFAM.CONTINUEM!ANA

Fatima Cristina disse...

Selena,
seria um enorme prazer conhecer vocês todos um dia.
Que dia esse seria!
Muito especial com certeza.
Beijos!

expressodalinha disse...

Selena: o que é Vixi?!!!!

expressodalinha disse...

Eduardo: há muito que não tínhamos tantos comments!

Eduardo P.L disse...

Jorge,

e o dia ( feriado prolongado ) foi péssimo! Não tinha pensado nisso. Muita gente viajou. Mas foi divertido e ainda vai dar o que falar!

Selena Sartorelo disse...

Vixi! é um Nossa!! Que maravilha é p Nossa abrasileirado...Vixi isso está bom demais...Vixi não entendi nada!! Vixi que coisa enrolada..Vixi serve prá quase tudo. Vixi!! Exagerei. Vixi!! já está bom.

expressodalinha disse...

Pois então Vixi! Parece um produto de limpeza de sanitários.))

Selena Sartorelo disse...

Perdão Jorge...eu nem devia ter usado essa expressão...é uma coisa daqui e se não for dito direito fica sem proposito...é absolutamente desnecessário..mas ás vezes tudo é...uma bobagem ..pobre do meu vocabulário ou uma imensa preguiça de ser prolixa. Enfim ..tivemos um dia intenso, conheci mais um poucos das pessoas daqui e como bem disse a Fátima viram em cada muito do que vejo também..muito bom saber...essa promoção virtual definitivamente foi muito boa de participar...falei algumas bobagens eu sei (incluindo o Vixi rsrs)Mas isso é irrelevante perto do quanto foi emocionante ler momentos e impressões pessoais de vocês tão especiais. Um boa noite a todos e obrigada pela companhia nesse feriado.

Selena Sartorelo disse...

...tem razão. Parece mesmo marca de produto de limpeza rsrs

expressodalinha disse...

Tb podia ser um deus indiano...

Selena Sartorelo disse...

Podia mesmo..sabe que sou curiosa e fui procurar vixi no dicionário e não encontrei..Fiquei indignada..afinal a palavra existe e não é nova. Enfim o que sei , foi que descobri porque. Por ser uma palavra esclerótica talvez..das tais origens controversas, talvez venha proceda do grego sklerós, -á, -ón, duro, rude)
s. f. isso é o que dizem, mas com tanta duvida nem sei mais.
beijos.

Por mim pode agendar. vamos aguarda a Con se posicionar.

Fatima Cristina disse...

Selena, Jorge,

Eu sempre achei que "vixi" vinha de "virgem", da expressão completa "Virgem Maria"...
Será que alguém concorda?

Beijos!

Eduardo P.L disse...

Fátima Cristina,

não tem a menor dúvida: "Virgem Maria, no sentido de admiração, espanto, surpresa"...!!! Vixi Maria... é a corruptela consequente, e muito usada no interior de São Paulo. Mais caipira impossível.Matou a cobra e mostrou o pau!
srsrsr

Fatima Cristina disse...

Vixi Maria, Eduardo!
Essa até a carioca aqui em Graz sabia...hahaha...
Beijos!

expressodalinha disse...

O que vocês sabem!... Vixi para todos.

João Menéres disse...

SELENA

Obrigado pela referência !

Quem sabe ?

Vixi...

Um beijo.

João Menéres disse...

EDUARDO e JORGE

Depois deste início ESPANTOSO do vosso VIRTUAL/REAL vai ser impossível chegar aos vossos calcanhares !
E isso intimida-me muito !

Conheci a minha futura convidada numa circunstância muito especial.
Devem estar recordados ! Eu fiz-lhe uma fotografia à chegada. Penso que ela nem teve tempo para nisso pensar...

Vixi, como me vou sair deste compromisso ?

Um abraço reforçado aos
DOIS CORONEIS ( sem qq intenção ofensiva, está visto ! ).

Selena Sartorelo disse...

Fatima você tem toda razão Vixi vem dessa expressão. Mas criou seu próprio som tornando-se outro bordão..Vixiiii!! Vixi até o João muito bom rsrs!

Fatima Cristina disse...

Vixi! Esse post rendeu mais de 60 comentários!
Eduardo, agora nao pode mais reclamar da falta de comentários no blog, né?
Beijos!

Eduardo P.L disse...

Fátima,

é o publico "cativo" do Jorge, que desta vez veio prestigia-lo aqui no Varal!!!! srsrs

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )